segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Canção da Saudade

São sombras do meu caminho
Iluminadas por sorrisos inesquecíveis
Que navegam em pétalas de lembranças
No jardim onde cultivo segredos,
Olhares de infância;
Memoriais...
Solto as amarras da vida,
E num segundo frágil
Fértil de sentimento,
Num só momento,
Revivo num renascer
Único e imenso
Num suave caminho...
*
Luciano Martini

Um comentário:

Leonardo disse...

Parabéns!!!