sexta-feira, 24 de abril de 2009

Minha Fé


Minha fé deixou de ser uma força dirigida a Deu que o induz a agir. Entendo fé como coragem de enfrentar a existência com os valores do Evangelho. Fé significa uma aposta; a verdade vivida e revelada por Jesus de Nazaré tornou-se suficiente para que eu encare as contingências do mundo sem me desumanizar. Fé não movimenta o Divino, mas serve de pedra de apoio onde me impulsiono para a deslumbrante (e perigosa) aventura de viver



Ricardo Gondim

Um comentário:

Débora das *I *I de J:) disse...

Eu também penso assim e por isso parei de orar pedindo e comecei a orar suplicando: Deus, Pai bendito, não abençoes o que estou fazendo mas por favor, me põe naquilo que você está abençoando. Naquilo que o Senhor está fazendo.. me põe que quero participar contigo.
´Pois o que estpu fazendo pode ser que não seja o que o Senhor esteja abençoando..
E aí... a primeira coisa voi me confrontar em muitas situações...

Realmente...parei de usar minha fé como força dirigida a Deus e passei a enfrentar, com coragem, as situações abençoadas e colocadas em minha vida onde os valores do Evangelho eram sempre, Ele MESMO ALI... JESUS em todas as situações. Se Fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, ela(fé) não movimenta... ela (Fé) Sabe onde está se movimentando... e avança... É uma questão de intimidade com a Palavra/JESUS.E questão de humildade em reconhecer que estamos bem trás do que Ele está fazendo...( Já fez..)