sábado, 20 de junho de 2009

A Volta


O sol
irremediavelmente volta
por trás de castelos sombrios
Tímido brilha
entre neblinas
quase displicente
acorda alegria
um sorrir secreto
por dentro
renasce um dia
letra e música
compõe minha melodia.


Luciano Martini

Um comentário:

Águeda Perini disse...

Sóis da meia noite
na meia noite de inverno
são os olhos por trás dos muros
capazes de enxergar o que se não vê.