quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Passantes


Somos sombras passantes
desafiando os séculos
anistiando sustos e sobressaltos
traduzindo no tempo
este absurdo de nós



Luciano Martini

Um comentário:

Almerinda disse...

Olá, Luciano!

Sombras passantes... (acrescentaria "destruintes", visto o estrago que já fizemos ao longo do tempo...)

Forte abraço, poeta!